Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2011 / Novembro / PF deflagra Operação Anjos do Asfalto contra desvio de verbas públicas

PF deflagra Operação Anjos do Asfalto contra desvio de verbas públicas

25/11/2011

Porto Velho/RO - A Polícia Federal, com o apoio do Ministério Público Federal e da Controladoria-Geral da União, desencadeou no dia 25/11 a Operação Anjos do Asfalto, com a finalidade de combater um grupo organizado atuante no desvio de verbas públicas federais no Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes -DNIT, em Rondônia e no Acre.

A operação cumpre 27 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal, em oito estados (MG, RO, SP, RJ, MA, PI, AC e DF), envolvendo mais de 160 policiais federais e 20 analistas da Controladoria-Geral da União.

Além dos mandados de busca e apreensão, a Justiça Federal determinou, também, o imediato afastamento do cargo de cinco agentes públicos que deveriam fiscalizar e acompanhar a execução da obra de pavimentação asfáltica da BR-429, que liga o município de Presidente Médici à Costa Marques/RO.

Até o momento, estima-se que os recursos públicos federais desviados ultrapassem a cifra de trinta milhões de reais.

Após sete meses de investigação, colheram-se indicativos de que a empresa executora da obra utilizou material de baixa qualidade, bem como não tem executado serviços nos termos do contrato, descumprindo o projeto.

Constatou-se, também, que agentes públicos responsáveis pela fiscalização e acompanhamento da execução da obra eram coniventes e omissos em relação às irregularidades, mediante promessa e recebimento de vantagens indevidas, além de atuarem em conjunto com a empresa executora com o objetivo de driblarem a fiscalização de órgãos de controle.

Ao longo da investigação foram colhidos indícios das práticas de diversos crimes - formação de quadrilha, falsificação de documento público, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva e ativa.

O nome da Operação “Anjos do Asfalto” faz uma referência a grupos de pessoas que atuam Brasil afora prestando socorro a pessoas que sofrem acidentes automobilísticos nas rodovias do país. Neste contexto, a denominação da operação diz respeito ao objetivo da investigação que é desarticular um grupo criminoso que estava desviando recursos públicos federais que deveriam ser corretamente utilizados para a pavimentação asfáltica de uma importante rodovia federal.

Outros dados da operação serão divulgados em entrevista coletiva, às 14h30min, na Superintendência Regional da PF em Porto Velho/RO. - Av. Lauro Sodré, 2905, Tanques, Porto Velho/RO.

Por Comunicação Social da PF em Rondônia

Tel.: (69) 3216-6242

registrado em: