Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2011 / Novembro / PF indicia 50 pessoas por fraude no programa Bolsa Família

PF indicia 50 pessoas por fraude no programa Bolsa Família

24/11/2011

Rio Branco/AC – Em 24/11, a Polícia Federal indiciou 50 pessoas na cidade de Boca do Acre/AM acusadas de receberem ilegalmente o benefício do programa Bolsa Família.

A PF levantou informações por aproximadamente dois meses e constatou que várias pessoas com renda superior ao permitido no programa simulavam ter renda compatível com as exigidas para receber o beneficio ou incluíam familiares e dependentes que não residiam na mesma casa. Havia, também, o recebimento de benefício por parentes de beneficiários falecidos.

Dentre os indiciados fazem parte servidores estaduais, municipais, empresários locais, fazendeiros, professores, comerciantes e até empregados do programa Bolsa Família, alguns deles com renda superior a R$ 30.000,00 mensais.

Na presença das autoridades policiais, os indiciados tentaram negar a autoria do delito, escusando seus atos, tentando demonstrar inocência por “desconhecimento da lei”. O desdobramento das investigações demonstrou que era sabido pelos habitantes locais as irregularidades no percebimento do beneficio.

A responsável pelo programa Bolsa Família em Boca do Acre/AM informou que diversas pessoas estão procurando o órgão voluntariamente para a atualização do cadastro, que está resultando, em alguns casos, no cancelamento dos benefícios por estarem fora das condições para recebê-lo.

A PF continuará com a operação, tendo em vista que outras irregularidades estão sendo apuradas e, provavelmente, mais pessoas serão indiciadas.

Por meio da operação, somente no município de Boca do Acre/AM, os cofres públicos deixarão de gastar, por ano, mais de R$120.000,00 no programa Bolsa Família.

 

 

Por Comunicação Social/Superintendência Regional da PF no Acre

Tel.: (68) 3212 - 1200

registrado em: