Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2011 / Setembro / Mulher é presa com 14,9kg de maconha

Mulher é presa com 14,9kg de maconha

17/09/2011

Natal/RN - A Polícia Federal flagrou no início da noite, 17, uma agropecuarista carioca, de 40 anos, suspeita de traficar 14,9 quilos de maconha.

Uma investigação iniciada por policiais federais em Mossoró/RN indicava que uma mulher a bordo de um veículo de lotação, estaria viajando de Caicó com destino a Natal, trazendo possivelmente maconha na bagagem.

Os policiais se dirigiram até as proximidades do posto da Polícia Rodoviária Federal, em Macaíba e ficaram a espera do veículo. No início da noite, a van foi identificada e passou a ser seguida.

Já na capital, nas proximidades de um posto de combustível localizado na Av. Cel. Estevam, a investigada desceu com uma caixa de papelão e passou a fazer várias ligações através do celular. Momentos depois, um homem dirigindo um veículo de cor preta aproximou-se e, no momento em que iria receber a droga percebeu o cerco policial, saiu em alta velocidade, o que ocasionou o abalroamento de raspão em uma das viaturas da PF. Naquele mesmo instante, a mulher foi detida e, ao ser revistada a sua bagagem, levava escondido cerca de 17 tabletes de maconha.

Enquanto a suspeita recebia voz de prisão e era levada para autuação na Superintendência Regional da PF, mais policiais seguiram em busca do homem que havia fugido, porém, durante a intensa perseguição que se formou, uma das viaturas da PF se envolveu em um acidente ao ser abalroada por um ônibus na Av. Bernardo Vieira.

Além da droga, os policiais também apreenderam um celular e o veículo que havia furado o cerco, o qual foi abandonado quilômetros adiante no bairro das Quintas.

Autuada na superintendência, a acusada confessou durante o seu interrogatório que trouxe a droga da cidade de Caicó, cidade onde o seu marido cumpre pena no presídio local. Ela negou ainda conhecer o homem que fugiu ao avistar os policiais e mesmo não entrando em maiores detalhes, disse que receberia R$ 500,00 caso fizesse a entrega da “encomenda”.

Enquadrada na lei de entorpecentes, a suspeita deverá permanecer à disposição da Justiça, custodiada na Superintendência da PF em Natal.

 

Por Comunicação Social / Superintendência Regional da PF no Rio Grande do Norte
Tel: (84) 3204.5588