Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2013 / 03 / Operação Lavoro combate crimes previdenciários em MS

Operação Lavoro combate crimes previdenciários em MS

14/03/2013

Naviraí/MS – A Polícia Federal deflagrou hoje (14/3) a Operação Lavoro, com a finalidade de combater crimes na área previdenciária. Mais de 140 policiais federais cumprem 12 mandados de prisão temporária e 29 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal nas cidades de Naviraí, Campo Grande, Jutí, Itaquiraí, no Mato Grosso do Sul e, também, em Umuarama, no Paraná.

São alvos da Operação da PF escritórios de advogados, servidores públicos do INSS em Naviraí, presidentes de três sindicatos de trabalhadores rurais (Naviraí, Juti e Itaquiraí), agenciadores e uma financeira, todos envolvidos na concessão de benefícios previdenciários fraudulentos.

A fraude consistia em obter aposentadorias rurais para pessoas que nunca trabalharam no campo ou não possuíam o tempo necessário para ter direito ao benefício. Conseguida a aposentadoria, os integrantes do esquema faziam empréstimos consignados em uma financeira da cidade para o pagamento dos envolvidos. Os investigados cobravam em média 5 mil reais pela concessão de cada benefício fraudulento.

Os envolvidos tiveram o sequestro e bloqueio dos bens. Dois servidores do INSS foram afastados de suas atribuições.

Também foram apreendidos 15 carros, quatro motos, dois barcos, uma espingarda e R$17 mil em espécie.

No último domingo (17/3) foram realizadas mais duas prisões em consequência dos desdobramentos da operação Lavoro. Além das prisões, foi prorrogada por mais cinco dias a prisão temporária de onze dos doze suspeitos detidos na operação. As investigações continuam em andamento.

 

 

 

Comunicação Social

da PF em Naviraí

Tel.: (67) 3409-4200

registrado em: