Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2014 / 06 / Chilenos notificados não poderão retornar para a Copa

Chilenos notificados não poderão retornar para a Copa

19/06/2014

Rio de Janeiro/RJ –  Os 85 chilenos notificados a deixarem o país ontem no Rio de Janeiro não poderão retornar ao Brasil durante o período da Copa. Uma equipe da Polícia Federal esteve ontem na Cidade da Polícia, onde formalizou a diminuição do prazo de estada dos estrangeiros para 72 horas.

Entre os chilenos havia um menor de idade que, assim como seu pai, também foi notificado. Os dados colhidos foram lançados  no sistema de imigração da PF ,constando o motivo da ação, o que possibilitará a inadmissão em território nacional durante a Copa do Mundo, caso algum deles tente retornar ao Brasil.

As notificações  foram lançadas nos passaportes e na tarjeta de entrada dos chilenos. Qualquer agente público, ao conferir seus documentos,  saberá até quando poderão ficar no Brasil. Constatando que o prazo foi ultrapassado, deve encaminhá-los a uma unidade da PF mais próxima para possível deportação sumária.

Por acordo internacional,  paraguaios, argentinos, chilenos e uruguaios podem entrar no Brasil apenas com suas identidades.  Ao ingressarem, recebem um documento  chamado de tarjeta, que obrigatoriamente deve ser apresentado as autoridades brasileiras durante o deslocamento pelo Brasil e que comprova a entrada regular no país, bem como o prazo de estada. Para quem apresenta passaporte no ingresso no território nacional, como foi o caso de dois chilenos, essas informações são inseridas no documento de viagem.


Setor de Comunicação Social da Polícia no Rio de Janeiro
Contato: (21) 2203-4406 / 4407
cs.srrj@dpf.gov.br

registrado em: