Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2014 / 10 / PF inicia Intercops contra o tráfico de drogas em aeroportos do mundo

PF inicia Intercops contra o tráfico de drogas em aeroportos do mundo

27/10/2014

Guarulhos/SP – A Polícia Federal inicia, hoje (27/10), o Intercops (Programa de Cooperação Internacional em Aeroportos) para intercambiar experiências e metodologias de trabalho entre policiais de vários países envolvidos na repressão ao tráfico internacional de drogas e outros crimes.  A cerimônia de lançamento do Programa acontece nesta quarta-feira (29), às 16h30, no Aeroporto Internacional e São Paulo, em Guarulhos e terá a participação de autoridades da PF, além de representantes dos diversos países participantes desta primeira etapa.

O programa Intercops

O mundo acompanha o aumento dos crimes internacionais e transfronteiriços, e para combatê-los é cada vez mais importante a atuação conjunta de instituições policiais de diversos países. Desta maneira, as atividades de cooperação policial internacional ganham destaque à medida que funcionam como facilitadores da comunicação entre autoridades policiais de países diferentes. O objetivo do programa é contribuir para a formação desse entendimento comum e reforçar a cooperação policial internacional.

O Intercops, em primeiro lugar, visa criar uma oportunidade de intercâmbio de experiência e informação na área de investigação criminal em aeroportos internacionais com foco na repressão ao tráfico de drogas internacional. Por meio de palestras e acompanhamento das atividades operacionais será apresentada a metodologia de trabalho da Polícia Federal do Brasil na prevenção e combate ao crime organizado.

Os participantes terão a oportunidade de conhecer o modelo de trabalho da Polícia Federal, incluindo a organização, procedimentos de investigação criminal e atividades de investigação em aeroportos internacionais. Além disso, os participantes poderão compartilhar suas experiências e discutir os desafios comuns com outros participantes do programa. Isto conduzirá à identificação dos desafios que os países participantes enfrentam no campo da investigação criminal internacional, bem como ao aprimoramento das atividades desenvolvidas pela PF.

Nesta primeira etapa, com duração de duas semanas, participam policiais de 11 países (África do Sul, Alemanha, Angola, Austrália, Catar, França, Guiana, Marrocos, Namíbia, Nigéria, Paraguai e Reino Unido),  todos com atuação em aeroportos internacionais na repressão ao crime organizado transnacional.

Mais informações:
Setor de Comunicação Social da PF em São Paulo
(11) 3538-5013