Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2015 / 06 / AVISO DE PAUTA: Campanha de Prevenção e Combate à Segurança Clandestina

AVISO DE PAUTA: Campanha de Prevenção e Combate à Segurança Clandestina

23/06/2015

Brasília/DF – Atuando em conjunto com a segurança pública, a Segurança Privada visa garantir a integridade física e a segurança de indivíduos e patrimônios públicos e privados.

No entanto, o crescimento e a qualificação do setor só não é maior por causa da atuação de empresas clandestinas que ainda atuam no mercado, o que coloca em risco a vida ou o empreendimento do contratante, que não tem garantias de que o profissional contratado possua capacitação, bons antecedentes e as empresas, autorização de funcionamento.

Para informar e alertar a população sobre esses riscos, a Polícia Federal, a Fundação Brasileira de Ciências Policiais (FBCP) e a Federação Nacional das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (Fenavist) lançam, dia 24/6, na Academia Nacional de Polícia (ANP/DPF), a “Campanha Nacional de Prevenção e Combate à Segurança Clandestina”.

Para a Coordenadora Geral de Controle da Segurança Privada da Policia Federal, Silvana Helena Vieira Borges, a campanha tem o objetivo de conscientizar e esclarecer os cidadãos sobre a importância da contratação do serviço regular de segurança privada, bem como representa uma oportunidade de padronização de procedimentos, trabalho este que ao final visa trazer maior segurança à sociedade.

De acordo com Getúlio Bezerra, Delegado de Polícia Federal e Diretor Presidente da FBCP, essa iniciativa abrange o alinhamento de estratégias que visam a informação e o fortalecimento do setor de segurança privada.

Para Jeferson Furlan Nazário, presidente da Fenavist, a iniciativa vem para complementar e reforçar o trabalho de fiscalização já desenvolvido pela Polícia Federal. “Por meio da campanha esperamos conscientizar os futuros contratantes sobre os riscos reais da clandestinidade”, destaca.

Cartilha

Durante o lançamento da campanha, será distribuída a cartilha “Como Contratar Segurança Privada Legal e Qualificada”, que tem o intuito de instruir de maneira clara quais critérios levar em conta ao contratar uma empresa de segurança. Além disso, a publicação apresenta quais riscos o contratante está sujeito ao optar por uma empresa clandestina.

A presença de pessoas inabilitadas e com antecedentes criminais no interior da empresa, estabelecimento ou domicílio privado, tendo acesso a informações da rotina, dos bens e valores e a presença de armas e munições de origem irregular, são apenas alguns exemplos apresentados na cartilha educativa.

Clandestinidade

No Brasil, existem mais de 2.500 empresas de segurança privada legalizadas. No entanto, é quase o dobro o número de companhias clandestinas que atuam no setor, causando a chamada “concorrência predatória”.

De acordo com a Lei 7.102/83, que regulamenta o setor da segurança privada, apenas empresas autorizadas pela Polícia Federal podem comercializar serviços de segurança privada.

Além disso, os profissionais – vigilantes – devem realizar o curso de formação de vigilantes em escola autorizada pela Polícia Federal e possuir cadastro na instituição.

Segurança Privada

É a atividade voltada à vigilância, à segurança e à defesa do patrimônio ou da segurança física de pessoas, de forma armada ou desarmada, sendo autorizada, controlada e fiscalizada pelo Ministério da Justiça, por meio da Polícia Federal.

Evento

Lançamento “Campanha Nacional de Prevenção e Combate à Segurança Clandestina”
Data:
24 de junho às 9h30
Local: Academia Nacional de Polícia (ANP), Rodovia DF 001 KM – 02 - Setor Habitacional Taquari – Lago Norte, Brasília – DF

ASSESSORIA DE IMPRENSA – FENAVIST

Proativa Comunicação

Tel.: (61) 3242-9058

Contatos: Caroline Esser (61 8232-0734 / Flávio Resende (61 9216-9188)

E-mail: atendimento1@proativacomunicacao.com.br

Twitter: ProativaC

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA – FBCP

Contato: Ronny Azevedo (9818-1850)

E-mail: ronny@fbcp.org.br

 

 

Divisão de Comunicação Social do Departamento de Polícia Federal

Contato: 61 2024-8742

Agência de Notícias da PF: dpf.gov.br/agencia

Twitter: @agenciapf

 

registrado em: