Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2016 / 08 / PF desarticula organização criminosa que desviava recursos de Angra 3

PF desarticula organização criminosa que desviava recursos de Angra 3

10/08/2016

Rio de Janeiro/RJ – A Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagram hoje (10/8) a Operação Irmandade para desarticular o núcleo financeiro de uma organização criminosa responsável pelo desvio de recursos públicos nas obras da usina nuclear de Angra 3.

Policiais federais dão cumprimento a 1 mandado de prisão e a 1 mandado de busca e apreensão em São Paulo, expedido pela 7ª Vara Federal Criminal/RJ.

As investigações tiveram como foco pessoas pertencentes ao núcleo financeiro, incluindo o irmão de importante operador financeiro preso nas Operações Pripyat e Saqueador, sendo denunciadas ao todo 11 pessoas por realizarem a lavagem de dinheiro, aproximadamente R$ 176 milhões, além da prática dos crimes de organização criminosa e falsidade ideológica.

A Operação Irmandade é um desdobramento da Operação Pripyat, em que foi investigado desvio milionário nas obras de Angra 3 da Eletronuclear.

 



Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

(21) 2203-4405 / 2203-4406

cs.srrj@dpf.gov.br

registrado em: