Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 02 / PF reprime divulgação de pornografia infantil pela internet em SP

PF reprime divulgação de pornografia infantil pela internet em SP

16/02/2017

São Paulo/SP - A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (16/2) a Operação CatchNet III, que visa reprimir a pornografia infantil por meio de troca de arquivos pela internet e da utilização de aplicativos em celulares nos quais se veicula imagens e vídeos de crianças e adolescentes em cenas de sexo explícito.

Nesta fase III, foram cumpridos 5 mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo (bairros Vila Carrão e Ibitirama), São Bernardo do Campo (bairro Independência) e Osasco, sendo apreendidos computadores, HDs, celulares e mídias de armazenamento.

A operação é fruto de investigações que têm como principal objetivo identificar usuários de redes de pornografia infantil, que utilizam ambientes como a deep web e aplicativos como whatsapp, kiwi e outros para a troca e armazenamento de imagens de pornografia infantil.

Na cidade de Osasco, foi preso em flagrante um homem, de 20 anos. Em São Paulo, no bairro de Ibitirama, um homem, de 22 anos. Com eles, os policiais encontraram mais de 150 arquivos contendo imagens de crianças e adolescentes em cenas de sexo explícito. Os indivíduos foram autuados em flagrante, incursos no art. 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente.

O material apreendido foi encaminhado à perícia para que possam ser identificadas outras pessoas que compartilharam as imagens com os autuados, bem como para quebra de criptografias que ocultam arquivos de imagens e vídeos.

A Polícia Federal adverte que a posse de material de conteúdo pornográfico infantil é crime e está sujeita a pena de reclusão de um a quatro anos e multa.




Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo

Contato: (11) 3538-5013

registrado em: