Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 11 / PF desarticula esquema de desvio de recursos públicos em PE

PF desarticula esquema de desvio de recursos públicos em PE

09/11/2017

Recife/PE – A Polícia Federal, com apoio da Controladoria-Geral da União e da Procuradoria da República, deflagrou nesta quinta-feira (9/11) a Operação Torrentes, que visa desarticular um esquema criminoso de desvio de recursos públicos, fraudes em licitações e corrupção de servidores públicos vinculados à Secretaria da Casa Militar do Estado de Pernambuco.

Aproximadamente 260 policiais federais e 25 servidores da Controladoria-Geral da União cumprem 71 mandados judiciais, sendo 36 de busca e apreensão, 15 de prisão temporária e 20 de condução coercitiva em Pernambuco e no Pará (1 condução coercitiva). Também foram determinados o sequestro e a indisponibilidade dos bens dos principais investigados.

A investigação teve início no ano de 2016, a partir de um relatório elaborado pela CGU com relação aos gastos efetuados pela Casa Militar na cifra de R$ 450 milhões, que lhe foram repassados pela União na denominada Operação Reconstrução, para assistência às vítimas das enchentes que devastaram diversos municípios da mata-sul pernambucana em junho de 2010. Naquela ocasião, verificou-se que, a depender do objeto licitado, funcionários da Secretaria da Casa Militar direcionavam os contratos a diversos grupos empresariais em troca de contrapartidas financeiras.

Também foram constatados fortes indícios de superfaturamento em alguns contratos recentemente firmados pela Secretaria da Casa Militar com recursos públicos federais na Operação Prontidão, que teve por objetivo a reestruturação dos municípios da mata sul pernambucana atingidos pelas chuvas torrenciais ocorridas em maio do corrente ano de 2017.

Os envolvidos responderão pelos crimes de peculato, fraude em licitação, corrupção ativa e passiva e associação criminosa, cujas penas ultrapassam 25 anos de reclusão.

O nome Torrentes faz alusão às enchentes que devastaram diversos municípios da mata-sul.

Será concedida entrevista coletiva, às 10h, na sede da Polícia Federal em Pernambuco.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Pernambuco

Contato: (81) 2137-4076

registrado em: