Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 11 / PF desarticula grupo criminoso que atuava no setor de transportes no RJ

PF desarticula grupo criminoso que atuava no setor de transportes no RJ

14/11/2017

Rio de Janeiro/RJ – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (14/11) a Operação Cadeia Velha, com o objetivo apurar a existência de uma organização criminosa que atuava no setor de transportes públicos, com apoio de parlamentares da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ).

Aproximadamente 155 policiais federais cumprem, nos municípios do Rio de Janeiro, Saquarema, Volta Redonda e Uberaba/MG, 6 mandados de prisão preventiva, 4 mandados de prisão temporária, 4 conduções coercitivas e 35 mandados de busca e apreensão, todos expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

A PF e o Ministério Público Federal identificaram elementos indicadores do envolvimento de autoridades detentoras de foro por prerrogativa de função no Tribunal Regional Federal da 2ª Região. Três deputados estaduais do Rio de Janeiro são suspeitos de participar do esquema criminoso através do recebimento de vantagens indevidas da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (FETRANSPOR).

A investigação aponta a existência de clara atuação legislativa desses parlamentares em favor dos interesses da FETRANSPOR, indicando também uma grande evolução patrimonial dos envolvidos desde que ingressaram na atividade política; e incompatível com os rendimentos inerentes aos cargos ocupados. A Receita Federal também auxiliou nas investigações.

Foram encontradas conexões entre as Operações Saqueador, Calicute, Eficiência, Quinto do Ouro e Ponto Final já deflagradas pela PF anteriormente. São investigados os crimes de corrupção, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

Haverá entrevista coletiva, às 11h, na sede da Polícia Federal, localizada na Av. Rodrigues Alves, nº 01, Saúde.

O nome da operação é uma referência à origem das fundações do Palácio Tiradentes, sede do legislativo fluminense, local em que, no Brasil colonial, funcionava uma prisão conhecida como Cadeia Velha, para onde eram encaminhados todos aqueles que infringissem as leis da coroa portuguesa.

 

Comunicação Social da Polícia no Rio de Janeiro

Contato: (21) 2203-4406 / 4407

cs.srrj@dpf.gov.br

registrado em: