Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 12 / PF desarticula organização criminosa que fraudava o INSS

PF desarticula organização criminosa que fraudava o INSS

08/12/2017

Campos dos Goytacazes/RJ – A Polícia Federal, com o apoio da Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e a participação do Ministério Público Federal, deflagrou nesta sexta-feira (8/12) a Operação Cardiopatas, com o objetivo de combater fraudes previdenciárias.

Cerca de 120 policiais federais e 2 analistas de inteligência previdenciária, cumprem 12 mandados de prisão preventiva, 3 de prisão temporária, 15 de busca e apreensão e 20 de condução coercitiva, nos municípios de Campos dos Goytacazes, São João da Barra, Italva e Casimiro de Abreu.

No curso da investigação foram identificadas fraudes em 34 benefícios por incapacidade, entre auxílios-doença e aposentadoria por invalidez, gerando um prejuízo superior a R$ 4 milhões à previdência social.

Entre os investigados estão técnicos do seguro social, médicos peritos, médicos particulares, agenciadores de benefícios e pessoas que se utilizaram da organização criminosa.

Os envolvidos responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de estelionato previdenciário, corrupção passiva e ativa, peculato e violação de sigilo funcional.

O nome da operação se deve ao fato de a maioria dos beneficiários cooptados pela organização criminosa ser suspeita de simular a ocorrência de miocardiopatia dilatada junto ao INSS.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

Contato: (21) 2203-4406 / 4407

cs.srrj@dpf.gov.br

 

registrado em: