Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2018 / 02 / PF investiga funcionamento de garimpo ilegal no Amapá

PF investiga funcionamento de garimpo ilegal no Amapá

07/02/2018

Macapá/AP - A Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal, deflagrou nesta manhã (7/2) a 2ª fase da Operação Estrada Real, que investiga o funcionamento de garimpo ilegal no município de Tartarugalzinho/AP.

Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em empresas e residências nos municípios de Macapá e Tartarugalzinho. Uma sociedade comercial especializada em compra de ouro no Estado também foi alvo do cumprimento dos mandados judiciais.

No decorrer das investigações, após a deflagração da primeira fase da operação, foi identificado que parte dos valores oriundos da prática criminosa foi utilizada para beneficiar empresas pertencentes aos investigados. Cerca de R$ 13,5 milhões em ouro foram extraídos de forma indevida no período de dois anos.

Os investigados irão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de usurpação de bem da União, extração ilegal de minério, associação criminosa e lavagem de dinheiro. Se condenados, podem cumprir pena de até 19 anos de prisão.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

cs.srap@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

Contato: (96) 3213-7569