Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2018 / 07 / PF investiga grupo criminoso responsável por diversos roubos no Pará

PF investiga grupo criminoso responsável por diversos roubos no Pará

18/07/2018

Belém/PA –A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (18), a Operação Confraria, com o objetivo de prender grupo criminoso responsável pela prática de assaltos em Belém/PA. A ação é resultado de trabalho conjunto entre as Polícias Civil e Militar e a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (SUSIPE).

Mais de 40 policiais federais dão cumprimento a 9 mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal de Belém.

A investigação teve início após a tentativa de latrocínio que teve como vítima um agente de polícia federal, ocorrido no dia 7/5/2018. Na situação, foi subtraída arma de fogo pertencente a PF. A partir da identificação de dois criminosos que participaram do assalto, foi possível perceber que se tratava de um bando criminoso que já responde criminalmente por vários roubos, e muitos já cumprindo pena.

Um mandado de busca e apreensão e um de prisão está sendo cumprido na Colônia Agrícola de Santa Isabel (CPASI), pois um dos investigados cumpre pena em regime semi-aberto neste estabelecimento prisional e deixava a unidade para o cometimento de novos delitos.

A entrevista coletiva será realizada, hoje(18), às 10h, no Auditório da Superintendência Regional da Polícia Federal no Pará, localizada na Av. Almirante Barroso, 4466 – Belém/PA.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Pará

Telefone: (91)3214 8029 /992809372

cs.srpa@dpf.gov.br

 

 

O nome da operação é referência à união das forças policiais, pois a PF contou com ajuda permanente das polícias estaduais (civil e militar), tanto com informações quanto com trabalho ostensivo. Participam da operação mais de 40 policiais federais, além de policiais militares e  civis.

 

 

registrado em: