Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Últimas / Ministra faz palestra na ANP sobre Políticas Afirmativas para Ingresso no Serviço Público

Ministra faz palestra na ANP sobre Políticas Afirmativas para Ingresso no Serviço Público

A Ministra das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes, esteve nesta quinta-feira, 19/11, na Academia Nacional de Polícia onde proferiu a palestra "Políticas Afirmativas para Ingresso no Serviço Público" para os alunos do 55º Curso de Formação Profissional de Agente de Polícia Federal.

A Ministra das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Nilma Lino Gomes, esteve nesta quinta-feira, 19/11, na Academia Nacional de Polícia onde proferiu a palestra "Políticas Afirmativas para Ingresso no Serviço Público" para os alunos do 55º Curso de Formação Profissional de Agente de Polícia Federal. O evento, que marcou a Semana Nacional da Consciência Negra, teve a participação do Diretor de Gestão de Pessoal da Polícia Federal, delegado Luiz Pontel de Souza, e do Diretor Substituto da ANP, delegado Rodrigo de Souza Carvalho, além de servidores e orientares.

Em sua apresentação a Ministra fez um recorte histórico e uma contextualização de ações afirmativas na sociedade brasileira nos aspectos das populações que estão em maior estado de desigualdade de acordo com dados produzidos por institutos como IPEA e IBGE. Segundo Nilma Lino Gomes essas informações alertam onde estão os problemas e possibilitam que o Estado intervenha para corrigir esse desequilíbrio.

Ela afirmou que estas ações se dão através de políticas afirmativas para mulheres, deficientes físicos, indígenas, movimento LGBT, entre outros, ressaltando ainda que as políticas acontecem também em outros países, como Índia e Estados Unidos. “No Brasil, as ações afirmativas partem do conceito de equidade expresso na Constituição, que significa tratar os desiguais de forma desigual, isto é, oferecer estímulos a todos aqueles que não tiveram igualdade de oportunidade devido a discriminação e racismo”, lembrou a Ministra Nilma.

A Ministra finalizou citando que as políticas afirmativas se dão nas áreas da educação, saúde, trabalho, mulheres e juventude. Ela também respondeu algumas perguntas dos alunos do Curso de formação Profissional sobre critérios objetivos para certames públicos, e disse que já estão sendo feitos estudos para adequar às necessidades.

Ações do documento