Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Últimas / Seiscentos novos policiais reforçam a segurança na fronteira

Seiscentos novos policiais reforçam a segurança na fronteira

Em 14 de dezembro, seiscentos e dezoito novos policiais federais se formaram na Academia Nacional de Polícia (ANP), em Brasília, e passam a reforçar a segurança na região de fronteira. O aumento no efetivo da Polícia Federal é uma das ações do Plano Estratégico de Fronteira do Governo Federal, que completou um ano e meio de existência, nesse mês de dezembro.

O objetivo do Governo é dobrar o efetivo da PF na fronteira até o ano de 2014, quando o país passará a receber os Grandes Eventos: a Copa do Mundo e as Olimpíadas (2016). Atualmente, a PF conta com cerca de 11 mil policiais e 40% deles estão em estados fronteiriços.

São 515 novos agentes de polícia e 103 papiloscopistas que vão atuar em algumas capitais e cidades brasileiras que fazem fronteira com países sul-americanos, como Colômbia, Bolívia, Peru, Paraguai, Uruguai entre outros. Região essa onde o tráfico de entorpecentes tem números bastante altos, assim como o contrabando e a falsificação de medicamentos.

Todos os estados da Região Norte e da Região Sul, além de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Maranhão, receberão os novos policiais. Para se ter uma ideia, em uma ação coordenada da PF, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Força Nacional – forças policiais que compõem o Plano Estratégico – foram apreendidas cerca de 220 toneladas de drogas na região fronteiriça de junho de 2011 até dezembro atual. Com a chegada dos novos policiais, a expectativa é que esse número aumente ainda mais.

Ações do documento