Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2019 > 02 > PF investiga obtenção fraudulenta de seguro-desemprego

Notícias

PF investiga obtenção fraudulenta de seguro-desemprego

Operação PF - TO

Operação Desplante II prende suspeitos que aliciavam servidores públicos dos SINE estaduais
por publicado: 27/02/2019 18h28 última modificação: 28/02/2019 10h25

Palmas/TO – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (26/2) a Operação Desplante II, visando prender em flagrante suspeitos que aliciavam servidores públicos dos SINEs estaduais com o objetivo de conseguir chaves de acesso e senhas dos sistemas do seguro-desemprego para realizar inserções de requerimentos falsos.

As investigações tiveram início com o recebimento de denúncia relatando que membros da organização criminosa ofereciam propina para servidores públicos do SINE no valor R$ 10 mil reais por semana, em troca do fornecimento de senhas de acesso dos sistemas do seguro-desemprego. De posse das senhas de acesso, a organização criminosa inseria milhares de requerimentos de seguro-desemprego fraudulentos nos sistemas em nome de cidadãos, também cooptados pela organização, para receber as parcelas.

Não é possível valorar o montante do prejuízo evitado, tendo em vista que, na posse do login e da senha, a ORCRIM pôde inserir centenas de requerimentos falsos, normalmente de cinco parcelas cada e no valor máximo do benefício que é em torno R$ 1,5 mil cada uma.

Os envolvidos responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de corrupção ativa e organização criminosa, tipificados no artigo 333 do Código Penal e artigo 2º da Lei 12.850/2013.

Não haverá coletiva de imprensa.

 

Comunicação Social – Polícia Federal em Tocantins
E-mail: cs.srto@dpf.gov.br
Fones: (63) 3236-5440 (63) 9 9204-3219