Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2019 > 06 > PF atua na segurança do jogo Argentina e Venezuela no Maracanã

Notícias

PF atua na segurança do jogo Argentina e Venezuela no Maracanã

Polícia Federal trabalha em conjunto com outros órgãos de segurança para garantir a tranquilidade dos torcedores durante Copa América
por publicado: 28/06/2019 21h54 última modificação: 28/06/2019 21h54

Rio de Janeiro/RJ - A Polícia Federal, na tarde desta sexta-feira (28), esteve presente mais uma vez no estádio do Maracanã para atuar, junto a outros órgãos de segurança, durante o jogo Argentina e Venezuela pela Copa América 2019.

A PF faz parte do VOC - Venue Operation Center, centro de comando e controle dentro do Maracanã.
“Aqui, existem representantes de todas as instituições que compõem a segurança da Copa América para que, em conjunto, possam se ajudar na solução de um eventual problema, mesmo que esse problema não seja necessariamente de responsabilidade do seu órgão. É um trabalho de cooperação”, explica o Coordenador Operacional de Arena, delegado de Polícia Federal Rodrigo Valente.

A PF também atua em cooperação com representantes das forças de segurança pública dos países participantes do campeonato, através do Centro de Cooperação Internacional – CCPI/PF, em funcionamento há mais de um ano na Superintendência Regional de PF no Rio de Janeiro. Durante a Copa América, o CCPI conta com uma equipe especialmente formada para, entre outras funções, tentar identificar qualquer pessoa que faça parte de torcidas organizadas violentas e que possam trazem algum tipo de problema para o evento.

Em cada partida no Maracanã, a equipe do CCPI vai ao estádio com os agentes de segurança dos países convidados para, caso demandados, serem capazes de rapidamente levantar informações migratórias e de antecedentes criminais, por exemplo, de um estrangeiro que tenha sido detido durante a partida, além de poder atuar com mais eficácia numa eventual necessidade de tradução de idiomas. Diante da presença de um policial de seu país na arquibancada, o torcedor se sente mais confiante e pode curtir o jogo de sua seleção com maior tranquilidade.

 

Comunicação Social da PF

61 - 2024 8142