Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2019 > 07 > PF investiga adulteração de CPF para obtenção de empréstimos fraudulentos

Notícias

PF investiga adulteração de CPF para obtenção de empréstimos fraudulentos

Operação PF - ES

Operação Rejuvenate cumpre mandados de busca em residência e em financeira envolvidas em esquema criminoso
por publicado: 09/07/2019 11h04 última modificação: 09/07/2019 11h04

Vila Velha/ES – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (9/7) a Operação Rejuvenate, com objetivo de desarticular esquema de fraude junto ao Cadastro de Pessoas Físicas – CPF, administrado pela Receita Federal do Brasil.

A operação contou com a participação de 11 policiais federais, sendo realizado o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão na sede de uma empresa financeira e na residência dos proprietários, ambas localizadas em Vitória/ES, que resultaram na apreensão de nove discos rígidos de computador.

As investigações apontaram um esquema de crime de estelionato, tendo como vítima pessoas aposentadas, praticado, em tese, pelos administradores da financeira supracitada. Havia a tomada de empréstimos fraudulentos junto à CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, em face da adulteração do ano de nascimento de idosos no cadastro do CPF da Receita Federal, a fim de que fosse possível a sua concessão com a diminuição da idade do aposentado e, posteriormente, a apropriação indevida dos valores concedidos pela CAIXA.

Dessa forma, a idade dos idosos eram alteradas de modo a facilitar a concessão dos empréstimos mediante fraude, fato que ensejou o nome da operação, Rejuvenate, que significa em latim rejuvenescimento.

Os investigados poderão responder pelos crimes de estelionato, disposto no art. 171 do Código Penal, falsidade ideológica, disposto no art. 299 do Código Penal e inserção de dados falsos em sistema de informações, disposto no art. 313-A do Código Penal.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Espírito Santo
Contato: (27) 3041-8245/8051/8029