Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2019 > 07 > PF prende africano por falsificação de documento público

Notícias

PF prende africano por falsificação de documento público

Ação PF

Homem apresentou documento adulterado no pedido de renovação de residência
por publicado: 26/07/2019 20h30 última modificação: 29/07/2019 13h14

Fortaleza/CE -A Polícia Federal prendeu um homem em flagrante, na sexta-feira (26/7), por declaração falsa durante os procedimentos de autorização de residência. 

Por ocasião da entrevista, o são-tomeense, de 27 anos, natural de São Tomé e Príncipe,  apresentou documento adulterado, no pedido de renovação de residência, com base em visto temporário, na condição de estudante universitário.

Residindo no Brasil desde 2016, essa é a terceira vez que solicita a prorrogação. Ele adulterou os documentos há um mês, mudando a idade de 27 para 20 anos. Em declaração, afirmou que objetivava jogar em um time de futebol brasileiro.

Policiais federais deram voz de prisão em flagrante pelo crime de falsificação de documento público e uso de documento adulterado, com penas de dois a seis anos de reclusão e multa. O estudante foi solto na audiência de custódia e responderá ao processo, em livramento condicional, perante a Justiça Federal.

No primeiro semestre deste ano, a PF prendeu, no Ceará, seis pessoas por falsidade ideológica tentando obter visto de residência no Brasil.

 

Comunicação Social da PF no Ceará
Contato: (85)3392-4867/9.8970-0624