Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2019 > 08 > Polícia Federal combate organização criminosa que promovia a migração irregular de estrangeiros

Notícias

Polícia Federal combate organização criminosa que promovia a migração irregular de estrangeiros

Operação Check-Out foi deflagrada no Acre e coincide com as comemorações do Dia Internacional contra o Tráfico de Seres Humanos
por publicado: 08/08/2019 18h00 última modificação: 09/08/2019 13h31

Brasília/DF - A Polícia Federal, em parceria com a Justiça Federal e o Ministério Público Federal do estado Acre, deflagrou nessa quinta feira (08/8), a Operação Check-Out, visando desarticular um grupo responsável pela promoção da migração irregular de estrangeiros na região.

A Operação contou com a participação de 25 policiais federais que deram cumprimento a seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Rio Branco, Epitaciolândia, Brasiléia e Assis Brasil.

A investigação teve início em fevereiro de 2019, quando a Polícia Federal efetuou a prisão de pessoas envolvidas com o grupo criminoso, as quais aliciavam os estrangeiros com promessas de regularizar seus documentos e torná-los aptos a permanecerem nos países de destino.

A ação policial coincide com as comemorações do Dia Internacional contra o Tráfico de Seres Humanos, comemorado no último dia 30 de julho. 

Os investigados responderão, na medida de suas responsabilidades, pelo delito de Promoção de Migração Ilegal, previsto no Código Penal e, se condenados, poderão cumprir penas que variam de dois a cinco anos de reclusão.

O nome da operação faz alusão ao fato de que o território brasileiro era utilizado apenas como rota de saída pelos imigrantes que tinham como destino outros países do continente Americano.

 

Comunicação Social da PF
61 - 2024 8142