Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2019 > 09 > Polícia Federal combate importação ilegal de medicamentos

Notícias

Polícia Federal combate importação ilegal de medicamentos

Operação

Operação “POKER FACE” combate contrabando de toxina botulínica oriundas do Paraguai
por publicado: 20/09/2019 08h00 última modificação: 04/10/2019 15h33

Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal deflagrou quinta-feira (19/9) a Operação “POKER FACE” para combater importação ilegal de toxina botulínica (vulgarmente conhecida como botox) do Paraguai.

Foram cumpridos quatro mandados judiciais de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Estadual da Comarca de Sete Lagoas/MG, sendo três em Brasília/DF e um em Terezópolis de Goiás/GO. 

A investigação foi iniciada em maio de 2018, com a apreensão de R$ 1,2 milhão em posse de um empresário e de um policial aposentado do Distrito Federal. No veículo em que trafegavam, foi encontrada uma mala, contendo notas embaladas de R$ 50,00 e R$ 100,00. Os suspeitos se negaram a informar a origem da quantia, não apresentando comprovação de procedência lícita.

A Polícia Federal instaurou inquérito policial para apurar a prática do crime de lavagem de dinheiro e a investigação apontou para o possível envolvimento dos suspeitos com a atividade de contrabando, em larga escala, de ampolas de toxina botulínica de origem paraguaia e também com jogo do bicho.

Caso sejam condenados, os investigados poderão cumprir até 15 anos de reclusão.

A toxina botulínica é um medicamento normalmente utilizado para fins estéticos e tratamento de doenças dermatológicas. A introdução do produto no mercado brasileiro deve se ater às exigências legais de registro ou autorização dos órgãos de vigilância sanitária, o que não teria sido observado pelos investigados.

Comunicação Social – PF/MG

cs.srmg@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(31) 3330-5270