Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2019 > 09 > Polícia Federal inaugura nova superintendência regional na Paraíba

Notícias

Polícia Federal inaugura nova superintendência regional na Paraíba

Nova estrutura, com 6 pavimentos e mais de 10 mil m² de área construída, conta com instalações modernas e soluções sustentáveis de coleta e reutilização da água da chuva
por publicado: 02/09/2019 16h51 última modificação: 02/09/2019 16h54

João Pessoa/PB – A Polícia Federal inaugurou, na última sexta-feira 30/8, a nova Superintendência Regional da PF na Paraíba.

A nova sede do órgão no estado está localizada às margens da BR-230, no Bairro João Agripino; foi erguida em um terreno de dez mil e oitocentos metros quadrados, e possui mais de dez mil metros quadrados de área construída.

O evento contou com a presença de várias autoridades civis e militares, além de servidores da instituição de diversos unidades da federação. O Corregedor Geral, Omar Gabriel Haj Mussi, representou Diretor Geral, Maurício Leite Valeixo.

De acordo com o Superintendente Regional, André Viana Andrade, a nova sede é uma conquista após 53 anos de história da Polícia Federal na Paraíba. “Estamos conquistando a casa própria e firmamos mais um passo rumo a dias melhores para nós e para os paraibanos, com melhores condições de trabalho e de atendimento aos cidadãos”.

O complexo é composto pelo prédio principal, com 6 pavimentos, e dois anexos, que abrigam, juntos, mais de 140 salas, laboratórios para exames periciais e demais ambientes que compõem uma ampla e complexa infraestrutura para as atividades policiais e administrativas.

Todas as salas são climatizadas por um moderno sistema central de ar-condicionado com alta eficiência energética, permitindo controle de temperatura individual para cada ambiente. Um sistema de energia ininterrupta, composto por dois nobreaks e dois geradores a diesel, garantem total autonomia em caso de falta de energia elétrica, possibilitando que todos os serviços operem continuamente, sem falhas.

O espaço para atendimento ao público tornou-se mais amplo, com saguão de espera e balcões para atendimento individualizado.

A edificação conta ainda com um auditório para 110 lugares, além de um moderno centro de treinamento, com equipamentos e espaços para a prática de atividade física.

A área externa possui diversos jardins e gramados, inclusive no telhado, totalizando quase dois mil metros quadrados de área verde, onde foram plantadas mudas de árvores, arbustos e espécies forrageiras. Atentando para as questões de sustentabilidade, a irrigação se dá por meio de reuso da água das chuvas e de condensação dos aparelhos de ar-condicionado, que também pode ser usada para a lavagem de viaturas.

A estrutura dispõe de vagas de estacionamento para visitantes, além de vagas cobertas para servidores. O estacionamento para abrigar as viaturas da PF está no subsolo do prédio, de forma a mantê-las ao abrigo de intempéries. Há, ainda, um pátio de mil e seiscentos metros quadrados para veículos apreendidos.

O novo complexo ainda possui infraestrutura montada para disponibilizar aos seus servidores um stand de tiro, além de salas de repouso, refeitório, vestiário e bicicletário.

O desenvolvimento da obra, desde o início do projeto até a finalização da construção desta edificação, teve como objetivo principal proporcionar a melhoria nas condições de trabalho dos servidores daquela Superintendência, que diuturnamente se empenham nas suas atividades constitucionais, bem como no atendimento aos cidadãos paraibanos que utilizam toda gama de serviços oferecidos pela Polícia Federal, dentre eles, os ligados à segurança privada, controle das autorizações para porte e posse de armas e fiscalização da utilização de produtos químicos, além das atividades de polícia judiciária, nos assuntos de sua competência, na defesa dos princípios legais e morais da nação.