Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2019 > 10 > Operação Falsário combate falsificação de sinal público

Notícias

Operação Falsário combate falsificação de sinal público

Operação PF

Homem foi preso em flagrante
por publicado: 31/10/2019 15h41 última modificação: 31/10/2019 15h41

Belo Horizonte/MG - A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (31/10) a Operação Falsário, com o objetivo de apurar o crime de falsificação de sinal público. Foram cumpridos dois mandados judiciais de busca e apreensão, expedidos pela Vara da Justiça Federal em Manhuaçu.

O cumprimento contou com o apoio do IBAMA e ocorreu na cidade de Caratinga/MG, onde foram encontradas, em branco, anilhas de identificação de pássaros, as quais passarão por perícia.

As anilhas identificadoras dos passeriformes foram instituídas pelo IBAMA como forma de autenticar a regularidade da manutenção de pássaros em cativeiro. O material falsificado, ora apreendido, seria utilizado para legitimar fraudulentamente animais capturados na natureza, permitindo a sua comercialização irregular.

Foram também apreendidos três pássaros anilhados, que não integravam o plantel do criador, o que caracteriza a prática dos crimes ambiental e de falsidade ideológica por omissão de dados em sistema de cadastro de passeriformes.

O criador foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia da Polícia Federal em Governador Valadares/MG, para a formalização da prisão. Se condenado, poderá cumprir até 6 anos de reclusão.

 

 

Comunicação Social – PF/MG

cs.srmg@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(31) 3330-5270