Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2019 > 10 > PF desarticula organização criminosa que atuava no interior de Pernambuco

Notícias

PF desarticula organização criminosa que atuava no interior de Pernambuco

Operação PF

Operação Ipanema investiga grupo que atuava de dentro dos presídios
por publicado: 02/10/2019 09h03 última modificação: 02/10/2019 09h03

Recife/PE - A Polícia Federal, com apoio da Polícia Militar e da Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica-GISO da Secretaria de Ressocialização-SERES, deflagrou nesta quarta-feira (2/10) a Operação Ipanema, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que atua no tráfico de drogas, roubo de cargas, receptação e na prática de assaltos. Os líderes da organização são detentos que atualmente estão cumprindo penas em presídios de Pernambuco, sendo que dois deles integram uma facção criminosa de atuação nacional.

Estão sendo cumpridos oito mandados de prisão preventiva e oito mandados de busca e apreensão, expedidos pela Vara Criminal de Águas Belas/PE. Dentre as prisões, cinco estão sendo cumpridas nas cidades de Garanhuns, Águas Belas e Afogados da Ingazeira, além de outras três nos presídios de Limoeiro, Salgueiro e Petrolina. Na ação de hoje, estão sendo utilizadas nove equipes da Polícia Federal, apoiadas por seis equipes da Polícia Militar de Pernambuco.

Os presos após serão ouvidos pela PF, levados para fazer exame de corpo de delito no IML-Instituto de Medicina Legal e depois encaminhados para o Presídio de Garanhuns/PE, onde ficarão à disposição da Justiça Estadual.

Os crimes que estão sendo imputados aos suspeitos, de acordo com o seu envolvimento e participação, são os dos arts. 33 e 35 da Lei 11343/06 (tráfico de drogas e associação), art. 2° da Lei 12850/13 (organização criminosa) e arts. 157 (roubo) e 180 (receptação) do Código Penal, cujas penas ultrapassam os 30 anos de reclusão.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Pernambuco

Contato: (81) 2137-4076
E-mail: cs.srpe@dpf.gov.br