Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2019 > 11 > Polícia Federal apreende veículo com mercadorias estrangeiras em São Miguel do Iguaçu/PR

Notícias

Polícia Federal apreende veículo com mercadorias estrangeiras em São Miguel do Iguaçu/PR

Ação PF

Essa ação foi um desdobramento das Operações integradas Hórus e Muralha.
publicado: 22/11/2019 19h00 última modificação: 25/11/2019 07h51
mercadorias apreendidas em um veículo

mercadorias apreendidas em um veículo

Foz do Iguaçu/PR - Na noite da última sexta-feira (22/11/2019), policiais federais em diligência no município de São Miguel do Iguaçu/PR, no âmbito das Operações integradas Hórus e Muralha, apreenderam um veículo carregado com diversas mercadorias estrangeiras.

A apreensão ocorreu na Linha Cacic, em uma casa situada nos fundos de um posto de gasolina. A equipe flagrou um grupo de pessoas carregando os produtos importados em um automóvel alugado.

Os abordados disseram que as mercadorias foram adquiridas no Paraguai e seriam transportadas para Pires do Rio/GO. Os produtos e o veículo foram encaminhados à Receita Federal do Brasil para as providências fiscais.

A Polícia Federal irá apurar a possível prática do crime de descaminho.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR

Contato: (45) 3576-5515

 

***

A Operação Muralha é coordenada pela Receita Federal em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Exército, Marinha, Aeronáutica, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Polícia Militar do Paraná, Polícia Civil e Departamento de Inteligência do Estado do Paraná – DIEP), Justiça Estadual, Ministério Público Estadual da Comarca de São Miguel do Iguaçu e Receita Estadual do Paraná.

 

A Operação Hórus faz parte do Programa V.I.G.I.A. sendo coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública com o objetivo de coibir os crimes transnacionais. Ela é realizada de forma integrada pela Receita Federal do Brasil, Polícia Federal (PF), Batalhão de Polícia de Fronteira da Polícia Militar do Paraná (BPFRON), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) da Polícia Civil do Paraná, Força Nacional de Segurança Pública e Exército Brasileiro, com apoio da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

 

Estas iniciativas estão inseridas no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalização atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.