Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2019 > 12 > Operação Inverted Jenny investiga uso de selos falsos em agências franqueadas dos Correios

Notícias

Operação Inverted Jenny investiga uso de selos falsos em agências franqueadas dos Correios

Operação PF

O uso dos selos falsos provocou prejuízos mensais de R$ 1 milhão aos cofres públicos
publicado: 02/12/2019 23h00 última modificação: 03/12/2019 15h56
Selos apreendidos na ação

Selos apreendidos na ação

Brasília/DF – A Polícia Federal cumpriu, nesta tarde (2/12), três mandados de busca e apreensão relativos à Operação Inverted Jenny, com o objetivo de apurar a postagem de correspondências e encomendas utilizando selos falsos por parte de agências franqueadas dos Correios. Os mandados foram expedidos pela 12ª Vara Federal.

Após o recebimento de denúncia anônima, policiais federais identificaram que uma agência franqueada dos Correios estava utilizando selos falsos para postagem de cartas simples e registradas. Num segundo momento, o Departamento de Segurança Empresarial dos Correios constatou que mais duas agências se valiam de tal prática, incorrendo em um prejuízo mensal acima de R$ 1 milhão aos cofres da empresa pública.

Na ação deflagrada hoje, foi encontrada grande quantidade de selos falsos ainda não utilizados, bem como diversas correspondências prontas para remessa com selos contrafeitos já prontos para remessa.

Os envolvidos responderão por associação criminosa e uso de selo, fórmula de franqueamento ou vale-postal, cujas penas, somadas, podem ultrapassar 8 (oito) anos de reclusão.

.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no DF

(61) 2024-7557

cs.srdf@dpf.gov.br