Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2020 > 02 - Notícias de fevereiro de 2020 > PF coíbe o transporte ilegal de ouro retirado de garimpos ilícitos

Notícias

PF coíbe o transporte ilegal de ouro retirado de garimpos ilícitos

Ação PF

Dois homens foram presos em flagrante e um menor, apreendido
por publicado: 20/02/2020 19h00 última modificação: 21/02/2020 08h58

Redenção/PA - A Polícia Federal deflagrou na quinta-feira (20/2) a Operação Milhas de Ouro, que teve por objetivo coibir o transporte ilegal de ouro retirado de garimpos ilícitos situados dentro da Terra Indígena Kayapó, no município de Cumaru do Norte/PA.

Após levantamentos realizados pelos policiais federais, obteve-se a informação de que um avião havia decolado do garimpo denominado ARARA e estaria chegando no aeroporto da cidade de Redenção/PA, possivelmente trazendo material ilícito proveniente do citado garimpo. Uma equipe de policiais fez campana nas proximidades do aeroporto e confirmou as suspeitas com o pouso do avião com o prefixo previamente identificado. Foi procedida a abordagem ao piloto e ao passageiro da aeronave, que é menor de idade, e,após procedimento de revista logrou-se êxito em localizar em poder deles a quantia total de 71,9 gramas de ouro, avaliado em aproximadamente R$ 10.500,00 (dez mil e quinhentos reais), além de ter sido confirmado que o avião havia decolado do referido garimpo.

O piloto, que estava com o Certificado de Habilitação Técnica vencida, não podendo pilotar qualquer aeronave nessa condição, foi preso em flagrante delito pelo crime descrito no art. 261 do CPB (pena: reclusão de 2 a 5 anos) e também pelo crime descrito no art. 2º, §1º da Lei nº 8.176/91 (pena: detenção de 1 a 5 anos), haja vista que portava 67,9 gramas de ouro proveniente de garimpo clandestino. Já o menor de idade, que portava 4 gramas de ouro, segundo o qual foi recebida em pagamento por seu trabalho no garimpo, foi apreendido e encaminhado para a Polícia Civil de Redenção/PA, para lavratura de procedimento de ato infracional. Um homem que aguardava o pouso da aeronave e que seria o destinatário/adquirente das 67,9 gramas do ouro que o piloto portava, foi identificado e também recebeu voz de prisão pelo delito descrito no art. 2º, §1º da Lei nº 8.176/91 (pena: detenção de 1 a 5 anos).

A aeronave, avaliada em R$ 100 mil, também foi apreendida e permanecerá à disposição da Justiça Federal.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Redenção/PA

Contato: (94) 3424-9800