Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2020 > 02 - Notícias de fevereiro de 2020 > PF e RF interditam drogas orgânicas e sintéticas dentro de bagagens no Aeroporto de SP

Notícias

PF e RF interditam drogas orgânicas e sintéticas dentro de bagagens no Aeroporto de SP

Ação PF

Quatro mulheres foram presas em flagrante
por publicado: 10/02/2020 10h04 última modificação: 10/02/2020 10h04

Guarulhos/SP – A Polícia Federal, em ação conjunta com a Receita Federal interditou drogas orgânicas e sintéticas dentro das bagagens de quatro mulheres que viajavam em voos internacionais.

As ações, que ocorreram distintamente, resultaram na prisão de quatro brasileiras, com idades entre 19 e 28 anos. Foram apreendidos mais de 17 Kg de metanfetamina com uma única pessoa, o que configura um recorde histórico neste aeroporto.

Na primeira ação, ocorrida no sábado (8), policiais federais que inspecionavam as bagagens despachadas com o auxílio do aparelho de raio-x, identificaram material orgânico suspeito na mala de uma passageira que embarcaria com destino a Lisboa, em Portugal. A passageira foi localizada no portão de embarque e presa após os peritos federais identificarem a substância compactada, na forma de 8 tijolos, como cocaína.

No domingo ocorreram mais três prisões. Com o auxílio de cães farejadores, servidores da Receita Federal encontraram uma mala suspeita e solicitaram o apoio da PF para localização da passageira, que embarcaria em voo com destino a Addis Ababa, na Etiópia. A suspeita foi localizada e conduzida à sede policial, onde recebeu voz de prisão após serem encontrados 5 kg de cocaína em 18 volumes, que estavam ocultos em embalagens para camisetas. Já nos canais de inspeção alfandegária, servidores da Receita Federal detiveram duas mulheres tentando desembarcar com droga sintética. Com uma mulher que desembarcou de voo procedente de Frankfurt, na Alemanha, foram apreendidos 10 kg de metanfetamina e com outra mulher proveniente de Paris, na França, foram apreendidos mais de 17 Kg da mesma droga. Em ambos os casos a droga estava oculta em fundos falsos das malas que as mulheres carregavam.

Em 2019, as apreensões de drogas ilícitas no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, somaram mais de 2 toneladas, configurando recorde de apreensões desde a abertura das operações. Em janeiro de 2020, o volume apreendido totalizou mais de 280 kg, superando em mais de 480% o total aprendido no mesmo período de 2019, resultando na prisão de 29 pessoas.

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos

Contato: (11) 2445-2212