Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2020 > 02 - Notícias de fevereiro de 2020 > PF investiga associação criminosa responsável por comércio ilegal de armas de fogo

Notícias

PF investiga associação criminosa responsável por comércio ilegal de armas de fogo

Operação PF

Operação Tiro no Pé II cumpre três mandados de busca em Palmas/TO
por publicado: 11/02/2020 21h00 última modificação: 12/02/2020 08h25

Palmas/TO - A Polícia Federal deflagrou na terça-feira (11/2) a Operação Tiro no Pé II, visando desarticular associação criminosa envolvida no uso de documentos falsos perante o Núcleo de Controle de Armas da Polícia Federal em Palmas/TO e no comércio ilegal de armas de fogo.

Aproximadamente 15 policiais federais cumprem três mandados de busca e apreensão, expedidos pela 4ª Vara Federal de Palmas SJ/TO, nesta capital.

A investigação complementa o que já havia sido apurado na deflagração da Operação Tiro no Pé, em julho de 2019, quando um investigado foi preso e diversos outros indiciados por uso de documentos falsos em requerimentos de aquisição de armas de fogo perante o Núcleo de Controle de Armas da Polícia Federal em Palmas/TO. Nesta fase, uma loja de armas também está sob investigação por ter, supostamente, realizado comércio irregular de arma de fogo.

A operação de hoje também conta com o apoio do Exército Brasileiro, responsável por autorizar e fiscalizar o comércio de armas de fogo.

Os investigados devem responder pelos crimes de falsidade ideológica, uso de documento particular falso, associação criminosa e comércio ilegal de arma de fogo, o último com pena de 6 a 12 anos de reclusão.

* Não será realizada coletiva de imprensa.

 

Comunicação Social – Polícia Federal em Tocantins
E-mail: cs.srto@dpf.gov.br
Fones: (63) 3236-5440
(63) 9 9204-3219