Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2020 > 03 - Notícias de março de 2020 > Polícia Federal combate corrupção e contrabando em Mato Grosso do Sul

Notícias

Polícia Federal combate corrupção e contrabando em Mato Grosso do Sul

Duas operações policiais conjuntas (PF e PRF) reprimem o contrabando de cigarros e a corrupção de servidores públicos federais no Sul do Estado
por publicado: 05/03/2020 08h34 última modificação: 05/03/2020 08h34

Campo Grande/MS – A Polícia Federal deflagrou, na manhã de hoje (05/03), simultaneamente, duas Operações na região de Naviraí, com  buscando efetuar a repressão ao contrabando de cigarros na região Sul do Mato Grosso do Sul e desarticular uma rede de Agentes Públicos que dava suporte às atividades delituosas.

As deflagrações contaram com o apoio da Polícia Rodoviária Federal e são uma continuidade de outros trabalhos investigativos. Com a autorização da Justiça Federal, foram utilizadas provas emprestadas obtidas em outras operações policiais de repressão ao contrabando. 

Estão sendo cumpridos 18 Mandados de Busca e Apreensão e 10 Mandados de Prisão, com a participação de aproximadamente 80 Policiais Federais e 30 Policiais Rodoviários Federais. As medidas estão sendo cumpridas nas cidades de Naviraí/MS, Jutí/MS, Eldorado/MS, Mundo Novo/MS, Japorã/MS, Rio Brilhante/MS, Nova Alvorada do Sul/MS, Dourados/MS, Campo Grande/MS e Umuarama/PR.

O processo investigativo demonstrou que as organizações criminosas desarticuladas movimentavam centenas de carretas de cigarros introduzidos ilicitamente no País para diversos Estados. Os integrantes do esquema criminoso cooptaram servidores públicos para facilitar o tráfego dos objetos ilícitos com a omissão do dever funcional de repressão ao crime.

O esquema delituoso contava com indivíduos que ocupavam a função de gerentes da organização, comandando as redes de transportadores, batedores, olheiros e fazendo contato com os “garantidores”. Estes eram agentes públicos cooptados e que permitiam as ações delitivas e, em certos casos, agiam de forma a dificultar a atuação dos policiais que estavam cumprindo com seus deveres.


Comunicação Social da PF em MS
Fone: (67) 3368-1105
E-mail: cs.srms@dpf.gov.br

 

Os nomes das Operações são Managers (Gerentes, em inglês) e Cem por Cento foram dados em alusão às funções dos integrantes das organizações Criminosas e à forma como esses se comunicavam, quando agentes públicos cooptados pelo esquema estavam nos postos de fiscalização, sendo totalmente segura a passagem do carregamento ilegal.


COLETIVA DE IMPRENSA: Será realizada, às 10h, na Superintendência Regional da Polícia Federal em Campo Grande/MS, uma entrevista coletiva onde mais detalhes serão repassados.