Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2020 > 04 - Notícias de abril de 2020 > PF apura relação do contrabando de cigarros com tráfico internacional de drogas, armas e munições

Notícias

PF apura relação do contrabando de cigarros com tráfico internacional de drogas, armas e munições

por publicado: 30/04/2020 15h46 última modificação: 30/04/2020 15h46

Guaíra/PR - Na segunda quinzena de abril/2020, a Polícia Federal da região Noroeste do Estado do Paraná (Guaíra e Maringá), em ações isoladas ou integradas com outras forças policiais, realizou grandes apreensões de drogas, armas, munições e cigarros.

No total, foram apreendidos: 15.310 kg de maconha, 5.300 caixas de cigarros, 300 kg de agrotóxicos, 60 aparelhos celulares, 13 caminhões/carretas, 27 veículos (carros, van e moto), 7 embarcações, 14 pistolas, 2 fuzis, 7.300 munições de diversos calibres e acessórios para armas.

Na apreensão ocorrida no dia 29/4, foram apreendidas 250 caixas de cigarros, 3.529 kg de maconha, 4 embarcações, um caminhão, um veículo e duas espingardas. O modus operandi consiste em passar o cigarro, drogas, armas e outros ilícitos pelo Rio Paraná e/ou Lago de Itaipu utilizando embarcações até o lado brasileiro, onde esse material é carregado em carros e caminhões.

A estrutura utilizada para o contrabando de cigarros, agrotóxicos e outros produtos também serve para o tráfico internacional de drogas, armas e munições.

No dia 16/4, foram apreendidos em Palotina 8.281 kg de maconha, 14 pistolas, 2 fuzis, 7.300 munições, acessórios para armas e veículos, inclusive com registro de roubo/furto. As armas e drogas entraram no Brasil pelo Lado de Itaipu, transportadas por embarcações, com o mesmo modus operandi utilizado pelos contrabandistas.

Essas constatações demonstram que as ações dos contrabandistas e dos traficantes de drogas, armas e munições estão intimamente ligadas.

Destaca-se que a atividade dos contrabandistas é extremamente perniciosa e alimenta toda a cadeia criminosa, através de roubos/furtos, homicídios, etc.

Diante dessas constatações, essas atividades criminosas continuarão sendo reprimidas pelas forças policiais que atuam na região, de forma incessante e incansável.


Comunicação Social da Polícia Federal em Guaíra/PR
Disque denúncia: (44) 3642-9131