Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2020 > 04 - Notícias de abril de 2020 > PF apura suposto loteamento irregular de terras indígenas

Notícias

PF apura suposto loteamento irregular de terras indígenas

Ação PF

Dois homens foram presos em flagrantes
por publicado: 19/04/2020 22h00 última modificação: 20/04/2020 20h53

Ji-Paraná/RO - A Polícia Federal, no domingo (19/4), após receber denúncia sobre invasão da terra indígena URU-EU-WAU-WAU, mobilizou uma equipe de policiais ao interior da referida área de proteção para atendimento da ocorrência.

A ação foi realizada no sentido de apurar a denúncia de que dois nacionais não índios, portando arma de fogo e flagrados pelos indígenas em suposta ação de demarcação de loteamentos no interior da terra indígena, haviam sido detidos na localidade de Tarilândia, distrito do município de Jarú/RO.

A Polícia Federal constatou a veracidade da informação e deu voz de prisão em flagrante aos dois indivíduos que portavam duas armas de fogo longas, com numeração raspadas e municiadas. Os índios detiveram os envolvidos até a chegada da polícia, fornecendo alimentação e água, sendo os mesmos entregues à PF sem lesões aparentes.

Na sequência, os investigados foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal em Ji-Paraná/RO, onde foram realizados os procedimentos de praxe. Em seguida, foram encaminhados ao presídio público da comarca de Jaru/RO. Lá permanecerão à disposição da Justiça Federal.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Ji-Paraná/RO

Contato: (69) 3216-6242 / 6270
E-mail: cs.srro@dpf.gov.br