Você está aqui: Página Inicial > Imprensa > Notícias > 2020 > 06 - Notícias de junho de 2020 > PF combate crimes ambientais no Amapá

Notícias

PF combate crimes ambientais no Amapá

Operação PF

Operação Marrocos fecha serrarias clandestinas em Mazagão/AP
por publicado: 10/06/2020 14h33 última modificação: 12/06/2020 08h33

Macapá/AP - A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (10/6), a Operação Marrocos*, para combater crimes ambientais, visando reprimir instalação de serrarias sem autorização legal, crime de receptação e desmatamento de área pública, em Mazagão, no Amapá.

Na ação, que contou com a participação de integrantes do Exército Brasileiro (EB) e agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recurso Naturais (IBAMA), cerca de 50 policiais federais dão cumprimento a 7 mandados de busca e apreensão em serrarias clandestinas instaladas às margens da foz do Rio Mazagão, em Mazagão/AP. 

A operação também contou com a participação do Grupo de Bombas e Explosivos (GBE) da Polícia Federal, pois todas serrarias tiveram suas atividades encerradas, após destruição de suas instalações e equipamentos utilizados exclusivamente na atividade ambiental criminosa.

As investigações iniciaram após denúncia de moradores da região, que perceberam as atividades irregulares. A partir daí, constatou-se que diversas serrarias, localizadas no município do Mazagão/AP, estavam atuando sem autorização do IBAMA e comercializando madeira sem origem legal.

Durante a ação, cinco indivíduos, responsáveis pelas serrarias, foram presos em flagrantes. Um deles estava com arma de fogo sem documentação e também poderá responder por este crime.

Os indivíduos foram encaminhados ao Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (IAPEN), onde ficarão à disposição da Justiça. Eles poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de receptação qualificada, armazenamento de madeira ilegal e posse irregular de arma de fogo, cujas penas somadas poderão chegar a mais de 10 anos de reclusão, além do pagamento de multa.

*Marrocos - O nome faz referência ao nome da cidade de Mazagão. Ela foi escolhida para receber a população da então possessão portuguesa de Mazagão, no Marrocos, abandonada por ordem do Marquês de Pombal.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

cs.srap@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

Contato: (96) 3213-7500