Você está aqui: Página Inicial > PF deflagra segunda fase da Operação Pedomom contra pornografia infantil e estupro de vulneráveis

Notícias

PF deflagra segunda fase da Operação Pedomom contra pornografia infantil e estupro de vulneráveis

operação PF

As prisões de hoje são resultado de grande esforço das polícias da Ucrânia e da PF, representante da Interpol no Brasil
por publicado: 19/09/2019 07h25 última modificação: 19/09/2019 08h07

São Paulo/SP - A Polícia Federal deflagra na manhã de hoje (19) a segunda fase da Operação Pedomom. Em maio deste ano, partindo de comunicação da Interpol sobre a prisão de um casal de ucranianos que produzia e distribuía arquivos contendo imagens de abuso sexual infantil naquele país, foi identificado e preso um brasileiro na cidade de Iguape/SP.

Durante o cumprimento do mandado de Busca e Apreensão, ele tentou destruir seu laptop e celulares, sem sucesso. Levados à análise do Polícia Federal, foi possível identificar grande volume de arquivos contendo cenas de abuso sexual praticadas por ele em companhia de duas mulheres, tendo duas crianças como vítimas. A primeira fase da operação não fora divulgada à imprensa a fim de não prejudicar a identificação de outros envolvidos.

As prisões de hoje são resultado de grande esforço das polícias da Ucrânia e da PF, representante da Interpol no Brasil.

O crime de publicação de imagens de pornografia infantil prevê pena de 3 a 6 anos de reclusão. Já o estupro de vulneráveis prevê de 8 a 15 anos de prisão.

Haverá coletiva à imprensa na Sede da Superintendência da Polícia Federal em São Paulo. Às 11:00 h. Rua Hugo D’antola, 95.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em São Paulo

 (11) 3338-5013

cs.srsp@dpf.gov.br