Você está aqui: Página Inicial > Serviços PF > Estrangeiro > Cédula de Identidade de Estrangeiro > Registro de Visto Consular

Registro de Visto Consular

Informações sobre registro - documentação necessária

Para registro de visto consular na Polícia Federal, é necessário apresentar os seguintes documentos:

• Duas (02) fotos tamanho 3x4 recentes, coloridas, fundo branco, papel liso, de frente;

• Passaporte - cópia autenticada das páginas utilizadas, do visto e dos dados qualificativos;

• Cartão/Tarjeta de entrada/saída, ou carimbo da data de entrada no passaporte;

• Formulário original de pedido de visto consular ou cópia autenticada do VISA Application Form;

• Cédula de Identidade de Estrangeiro (CIE) ou protocolo original, no caso de possuir registro anterior na Policia Federal;

• Cópia da identidade do chamante no caso de visto de reunião familiar;

• Preencher formulário no site da Polícia Federal https://servicos.dpf.gov.br/sincreWeb/ e imprimir;

• Verificar se há necessidade de agendamento no site da Polícia Federal https://servicos.dpf.gov.br/sincreWeb/pesquisaAgendamento.jsp

• Recolher taxas através do site da Polícia Federal https://servicos.dpf.gov.br/gru/gru?nac=1&rec=2

Código da Receita: 140082 – R$ 106,45 (Registro de Estrangeiro)

Código da Receita: 140120 – R$ 204,77 (Carteira de Estrangeiro)


OBS: Caso não conste informação de filiação no Formulário de Pedido de Visto, será necessário apresentar Certidão de Nascimento, Casamento ou Inscrição Consular (em virtude de lei, para terem validade no Brasil, documentos emitidos no exterior necessitam de autenticação do consulado brasileiro no país de emissão e tradução juramentada no Brasil - documentos emitidos pelos países membros do Mercosul dispensam a tradução, porém é obrigatório a autenticação do consulado)

Informações sobre isenção de taxas

DECRETO Nº 6.771, DE 16 DE FEVEREIRO DE 2009: Prevê que os cidadãos dos países membros da CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, organização internacional formada por AngolaBrasilCabo VerdeGuiné-BissauGuiné EquatorialMoçambiquePortugalSão Tomé e Príncipe e Timor-Leste, estão isentos do pagamento de taxas e emolumentos devidos na emissão e renovação de autorizações de residência, com exceção dos custos de emissão de documentos. Isso significa que não há necessidade do pagamento de taxa de pedidos de prorrogação de prazo de vistos temporários, taxa de permanência ou registro de estrangeiro.  

É obrigatório o pagamento da taxa de carteira de estrangeiro, para a emissão do documento.