Passagem aérea

por Núbia última modificação 21/10/2019 21h06

Passagem aérea

 

Os dados pessoais que constam na passagem devem ser IDÊNTICOS aos dados pessoais que constam no passaporte válido que será efetivamente utilizado na viagem. Por exemplo: se o titular alterou seu nome por motivo de casamento, mas o passaporte ainda possui o nome de solteiro, a passagem deverá também conter o nome de solteiro. Para saber sobre a necessidade ou não de fazer novo passaporte nestes casos, leia o tópico "DADO PESSOAL DESATUALIZADO".

Nos casos em que o passaporte não pode ser utilizado por alguma razão (prazo de validade, por exemplo), é recomendável que a passagem seja comprada somente após a emissão de novo passaporte.

A Polícia Federal não se responsabiliza pela compra de passagens ou por compromissos firmados ANTES DA EFETIVA ENTREGA do passaporte pronto ao requerente.

Informações a respeito da necessidade ou não do número de passaporte para a compra de passagens devem ser solicitadas á empresa aérea correspondente

Voltar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

▲ Voltar para o topo